Geração Z

Prepare-se: A Geração Z está chegando ao mercado de trabalho

Fones de ouvido, muitas mensagens no celular e uma familiaridade com a vida tecnológica impressionante: essa é a Geração Z. Nascidos no final da década de 90 até o ano 2010, essa nova geração chega ao mercado com muita informação reunida, mas pouca facilidade de interação no mundo real.

Nascidos já com Internet, smartphones e conexões rápidas, os chamados Gen Z se desapegam rapidamente das coisas. Como sempre tiveram acesso a tudo com muita facilidade e rapidez, são impacientes e desacostumados com interações não digitais.

Pesquisa realizada pela McCann mostra que o jovem Z envia, por dia, cerca de 206 mensagens de texto. A facilidade com o meio digital reflete, no entanto, no meio real. Eles apresentam muitos problemas de interação com as pessoas e são completamente avessos ao uso do telefone.

No meio corporativo, um dos seus principais problemas é a falta de um pensamento linear. Muito acostumados com o “tudo agora”, eles são excelentes para atender demandas rápidas, mas sofrem para realizar tarefas que demandem pesquisa aprofundada e concentração.

Outra forte característica é o fato de estarem sempre disponíveis online. Para eles, não faz mais sentido separar a vida offline da online, pois tudo está entrelaçado. Essa característica traz algumas vantagens, como a flexibilidade, mas pode ser complicada de lidar em ambientes profissionais mais formais.

Deixe uma resposta