Aplicando tendências de gerenciamento de projetos

Com o mercado empresarial cada vez mais competitivo e tecnológico, as corporações mais atentas às mudanças sabem que é preciso se manterem atualizadas com as melhores e mais eficientes práticas de gestão e gerenciamento.

Justamente por isso, as organizações estão dando preferência aos profissionais que possuem visão mais estratégica e analítica.

Técnicas antigas não estão mais conseguindo manter os resultados nos níveis esperados e, por isso, adaptações e implementações são bem-vindas. Desde que sejam benéficas, é claro.

Mas como aplicar novas ideias e tendências desse tipo em setores que, muitas vezes, já estão em zonas de conforto?

Quando falamos de tendências, que por teoria são práticas novas no mercado, o ideal é implementá-las de forma gradual e nunca de forma drástica.

Outra dica, é começar com mudanças cujos resultados apareçam de forma mais rápida e/ou perceptível. Isso funcionará como incentivo para a equipe, além de reduzir as barreiras futuras. A própria empresa deve demonstrar satisfação quando perceber melhorias internas.

Um ótimo exemplo de tendência com resultados assim é a aplicação de metodologia ágil, como SCRUM. Antes era voltado para empresas da área de tecnologia, hoje, já está presente em vários outros segmentos e projetos.

Além disso, lembre-se sempre que a equipe precisa estar totalmente integrada. Não realize mudanças por conta própria e nem exija mudanças de comportamento sem uma explicação prévia. Incentive sempre a comunicação e transparência, algo que também é visto diretamente em tendências a respeito de mobilidade e com foco em colaboração.

É importante entender que toda mudança sempre sofrerá alguma resistência inicial. É uma resposta padrão, mesmo na equipe mais flexível. O que define o sucesso de sua implementação é a forma como ela é feita.

Deixe uma resposta