Quando devo expandir a equipe?

Geralmente, esse tipo de pergunta começa a surgir na mente dos gestores em momentos-chave do negócio. Da mesma forma, é um questionamento que surge atrelado a muitas dúvidas.

Afinal, é possível definir a hora certa para esse tipo de investimento? A resposta costuma ser mais simples do que parece e, basicamente, encontra-se em duas análises: o tamanho dos seus desafios e a sua capacidade financeira.

Primeiro, observe o nível dos desafios da sua empresa. Avalie quais são os atuais e se, com eles, você almeja o crescimento empresarial. É algo que costuma exigir mais pessoas na equipe, para dar conta do recado, mas não chega a ser uma máxima em todos os casos.

No processo, é necessário analisar se a capacidade financeira da companhia consegue sustentar essas mudanças.

Repare também, que a melhor ação nem sempre significa ampliação simples da equipe. Às vezes, o ideal é reformular o seu quadro de cargos e funções. Ambos podem pedir um aumento de colaboradores contratados.

Outro fator importante, é lembrar que a gestão de pessoas não deve lidar com essa questão apenas como um procedimento administrativo. Contratar ou desligar um colaborador (novo ou antigo), representa uma mudança significativa na vida dessa pessoa.

Ao mesmo tempo em que não é correto desconsiderar o lado humano, também é necessário prestar atenção na saúde empresarial. É um constante processo para encontrar o ponto de equilíbrio entre os dois pontos.

Organizações que se preocupam com isso, mostram-se alinhadas com os valores mais atuais do mundo e da sociedade. Portanto, esse tipo de decisão deve acontecer somente após uma detalhada análise interna da corporação.

Deixe uma resposta