Autodesenvolvimento: Seja responsável pela sua própria carreira

Autodesenvolvimento: Seja responsável pela sua própria carreira

É bem verdade que o grande sonho profissional de muitos é alcançar o sucesso na carreira. E muitos realmente se esforçam e fazem planejamentos bem elaborados de como chegar nesse patamar desejado.

O que muitos não entendem, porém, é que o autodesenvolvimento vai muito além do que a realização de planos e altos investimentos. É óbvio que uma formação de excelência comprovada é essencial para qualquer avanço profissional, mas o ato de autodesenvolver-se está muito mais presente no dia a dia do que as pessoas tendem a imaginar.

Sob esse aspecto, uma das funções de um gestor de pessoas e equipes é fazer com que os colaboradores tomem ciência desse conceito. Para deste modo, ajudá-los a crescer e, como consequência direta, fazer a empresa crescer em conjunto. Profissionais desenvolvidos são essenciais para uma organização mais eficiente.  

O primeiro passo é fazê-los entender que tudo ao nosso redor pode nos ajudar no desenvolvimento profissional e pessoal. Interações sociais, livros, filmes, novas experiências… Tudo pode virar repertório. Quem consegue manter-se atento ao que o rodeia, automaticamente fica melhor preparado para os desafios que são propostos.

Essas ideias podem ser compartilhadas através de conversas informais, informativos e até mesmo workshops e palestras eventuais. O segredo é sempre fazer desse processo algo simples e sem muita pressão. A sutileza é que vai garantir a absorção natural do conceito.

No fim, a dica tanto para o gestor quanto para os colaboradores é a mesma: entenda que cada pessoa também é responsável pelo seu próprio desenvolvimento profissional. Continue apoiando o investimento em formações especializadas como cursos livres ou pós-graduações, mas também incentive atenção aos detalhes de tudo que pode compor este crescimento.

Deixe uma resposta