Terminei a faculdade, e agora?

Terminei a faculdade, e agora?

Desde a década de 70 que o Brasil tem tido, a cada ano, um aumento considerável no número de jovens interessados em graduação de nível superior. As consequências disso afetam diretamente a intensidade da concorrência no mercado de trabalho, fazendo com que a graduação sozinha não seja mais um grande diferencial para quem quer alcançar o sucesso profissional.

Por esse aspecto, a faculdade não é nem de longe a etapa final de um estudante, mas sim o início de sua vida acadêmica. Não é de se estranhar que uma das dúvidas mais comuns é: O que fazer após concluir a graduação? A resposta mais clara é tentar adequar essa decisão ao plano de carreira de cada um, mas alguns conceitos podem ser usados como parâmetros gerais para a questão.

Enquanto um curso no modelo strictu sensu (mestrado e doutorado) segue uma linha bem mais acadêmica e é geralmente destinado aos que pretendem seguir formação na área de pesquisa, a pós graduação e os cursos lato sensu (como MBA ou especialização) são mais focados no mercado de trabalho em si e por isso tornam-se excelentes opções para ingressar com pé direito na carreira desejada.

Um exemplo claro disso é a pós em Administração.  Um curso que costuma ser mais focado no mercado de trabalho e ainda abrange uma gama considerável de conhecimentos nas áreas de marketing, ciências humanas, tecnologia e até direito. Todos ainda são centralizados na aplicação dentro do âmbito profissional, diferente de um mestrado que visa ampliar de forma acadêmica diversas áreas de um conhecimento.

No fim, a melhor opção ainda é de cunho extremamente pessoal e varia de acordo com as metas e objetivos de cada um. Por isso é importante ter certeza de qual linha pretende-se seguir como profissional antes de iniciar a pós-graduação.

Deixe uma resposta